sexta-feira, 26 de junho de 2009

Bandeira Branca

A 1ª Delegacia de Polícia de Valparaíso (GO) virou notícia nesta última sexta-feira (26/06), o que infelizmente não foi motivo de orgulho para a população do município. A Polícia Civil decidiu levantar bandeira branca propondo um tipo de trégua. A dificuldade estava na escolha do grupo para a tentativa de entendimento: bandidos ou Estado? 

A classe decidiu entrar em greve devido a falta de manutenção nos equipamentos, não contratações de agentes, escrivões e delegados, além da precária estrutura de trabalho. A justificativa para novas contratações vem de dados apresentados 
pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás. Atuam no Estado, 30% do efetivo de policiais, atendendo apenas aos casos mais graves, como mortes violentas. Nenhum pronunciamento dos poderosos, o que “obrigou” os polícias a optarem por um plano B.

Propuseram combinação aos bandidos, como se fosse justo entrar em um acordo com alguém que mesmo conhecendo as leis do país, o certo e errado, constitucional e moralmente (DEFINIÇÃO IMPOSTA PELA SOCIEDADE) falando, ainda se porta de maneira egoísta e desrespeitosa com o outro, ultrapassando limites e tomando para si objetos e vidas. O apelo foi feito por um agente da delegacia, que em entrevista á TV Brasília, pediu aos meliantes que parassem de cometer delitos no Estado de Goiás, já que a polícia não tem condições de atender a toda a população com a atual estrutura.

Sim, sim, sim. Assim que houver uma melhora de infra-estrutura, os bandidos podem arregaçar as mangar e voltar á sua rotina normal de atitudes ilícitas. Tudo com aval dos governantes que tão bravamente assumiram as rédeas da situação.  

O certo é que bandidos e Estado ás vezes parecem estar no mesmo barco, o daqueles que não se interessa pela melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Segurança é direito de todo e qualquer indivíduo, tem que ser cobrada e valorizada. 

http://www.dzai.com.br/correioweb2/video/playvideo?tv_vid_id=53907

Nenhum comentário:

Postar um comentário